Escola colégio CCI

Isogravura na Arte de Cordel 5º ano

Técnica inspirada na xilogravura é aplicada na produção de cordéis

Literatura de CordelA Literatura de Cordel chegou ao Brasil pelas mãos dos portugueses. Mas foi exatamente aqui que ela ganhou personalidade, principalmente na região nordeste onde surgiram os maiores repentistas da nossa história. Patativa do Assaré é um deles. Sua linguagem simples, poética e cheia de riquezas regionalistas retratava a vida sofrida do povo sertanejo. 

Este e outros cordelistas foram apresentados ao 5º ano, que teve um encontro cultural com essa arte da poesia “cantada”. Nas aulas de Português, os alunos conheceram as características do Cordel, não só na composição escrita. A xilogravura, técnica de gravura expressa na madeira, foi uma delas. 

Somada aos versos, rimas e estrofes que compuseram nos livretos, eles expressaram uma outra técnica - a isogravura. Diferente da primeira, os desenhos têm como base o isopor. Nele, é possível desenhar o que se pretende e ainda fazer carimbos. Para, então,  ilustrar os poemas criados, contendo o que aprenderam no PROERD, as crianças aplicaram a isogravura na capa dos cordéis. 

Por Francianne de Fátima

 

 

 

Literatura de Cordel              Literatura de Cordel

Literatura de Cordel              Literatura de Cordel

Veja mais fotos no nosso álbum. Clique aqui.

Responsável

imagem


Como podemos lhe ajudar?
Fale com o whatsapp do Colégio CCI.

Atendimento WhatsApp

ir ao topo

© Copyright 2000 Todos os Direitos Reservados - CCI, CCI Sênior & CLAT

QN - Samambaia/DF - CEP 72.319-502

(61) 3048.8200 / (61) 3048.8205 / (61) 9.9115-5707 / E-mail: cci@portalcci.com.br